Notícias Palestra sobre formação de equipes abre segunda etapa de cursos de capacitação de servidores públicos de Rondônia

10 de agosto de 2017

Palestra sobre formação de equipes abre segunda etapa de cursos de capacitação de servidores públicos de Rondônia

Como construir equipes vencedoras para alcançar grandes resultados no setor público. Com esse tema, o professor Marcus Bittencourt, advogado da União no Paraná e coordenador de diversos estudos na área jurídica, atraiu um grande público na manhã desta terça-feira (8) ao Teatro Guaporé, anexo ao Palácio Teatro das Artes Rondônia, em Porto Velho. O evento marcou a abertura da segunda etapa de cursos de capacitação de servidores do estado, promovidos pelo Projeto Escola de Governo, sob a coordenação da Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep), numa parceria com o Programa Infoco Rondônia.

O Infoco é considerado o maior programa educacional do País produzido por um governo estadual, com a missão de gerar conhecimento e aprimorar o atendimento ao cidadão, e para isso já está ampliando sua programação com a introdução de uma série de cursos a distância, como educação, saúde, gestão, direito e meio ambiente, disponibilizados gratuitamente aos servidores interessados.

Após capacitar seis mil servidores em um ano e meio, a meta agora do governo é atender a dez mil com 580 cursos em diversas áreas, bem como, a 5.500 servidores públicos dos 52 municípios rondonienses, numa parceria com as prefeituras. Do total, dois mil são para os servidores da capital, conforme explicou a superintendente Helena Bezerra. As inscrições já podem ser feitas pelos sites: www.escoladegoverno.ro.gov.br ou www.infocorondonia.com.br.

Vitor Hugo, da Seae, disse ser preciso um novo olhar no serviço público

A iniciativa do governador Confúcio Moura é fazer do servidor um agente transformador para a melhoria do atendimento à sociedade, que deve ser o foco principal de todas as ações do serviço público.

Em sua abordagem, Marcos Bittencourt deixou claro que só o propósito não oferece o que a população quer. Faz-se necessário a prática com técnicos habilitados e preocupados em atingir sua missão, sem esquecer de que em uma equipe cada um tem um papel importante. Ele citou como exemplo um faxineiro, que no projeto ousado do então presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, de colocar o homem na lua, ao ser indagado sobre o que fazia na Nasa (agência espacial norte-americana), respondeu que estava ajudando a colocar o homem na lua.

Em um incentivo à ousadia para grandes resultados, Bittencourt recomendou para que todos saiam da zona de conforto, repensem crenças limitantes e acreditem que o fracasso é a etapa do processo de aprendizagem. “Quem mais fracassa é quem mais tem sucesso”, reforçou, se apontando como exemplo por ter sido reprovado em mais de 30 concursos públicos.

Para o servidor da Secretaria de Assuntos Estratégicos (Seae) Vitor Hugo, a busca de conhecimento é importante para melhorar a gestão pública, pois reflete diretamente na sociedade. “É preciso termos uma nova visão, um olhar diferente”.

Sargento-bombeiro Carlos Douglas destacou a importância da troca de experiências,

“É muito gratificante participar desses cursos, pois cada um tem um aprendizado diferente. O governador está de parabéns por ter esta visão inovadora, de investir no servidor”, disse a controladora da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Almerinda Ribeiro. Ela considera que a participação nos cursos tem resultado na melhoria.

Já o sargento-bombeiro Carlos Douglas observou que a troca de experiências entre servidores de instituições distintas é o que faz a diferença.

Em sua fala, o presidente do Infoco, Paulo Maia Junior, salientou que não é mais tempo de ficar acomodado, pois o sucesso depende da competência e oportunidade. “Competência cada um tem, mas oportunidade é o que o governo de Rondônia está dando”, acentuou.

Como representante do governador Confúcio, o chefe da Casa Civil, Emerson Castro, observou que sem formação, o povo padece e chamou a atenção para a necessidade de o servidor estar focado no cumprimento de uma missão e não apenas em cumprir horas. Ele lembrou que os movimentos empreendidos com a educação resultaram em grandes lideranças admiradas, ao contrário dos que tiveram o uso da violência ou opressão.

Almerinda, da Agevisa, considera válida a participação nos cursos, pois cada um tem um aprendizado diferente

Além de trabalhar com a capacitação dos servidores, como um legado de sua gestão para um estado com melhores resultados, o governador Confúcio tem atuado também no sentido de adequar a estrutura administrativa, conforme apontou o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, George Braga. Ele citou que foram realizadas duas reformas administrativas, inclusive a redução de 14 secretarias para nove; criação de carreiras em órgãos, como a Superintendência de Licitação (Supel) e Controladoria Geral do Estado (CGE) e a construção da Infovia “um legado de grande dimensão”.

Por ser gratuita, a palestra atraiu também servidores federais e de outros municípios, a exemplo do procurador do município de Vilhena, Bartolomeu Alves; e do funcionário da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Arnaldo Teixeira. Ambos consideraram válida a preocupação do governador com a promoção de cursos que atendem a diversos interesses, mas com o olhar voltado ao atendimento com maior qualidade ao público.

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Esio Mendes
Secom – Governo de Rondônia

http://www.rondonia.ro.gov.br/palestra-sobre-formacao-de-equipes-abre-segunda-etapa-de-cursos-de-capacitacao-de-servidores-publicos-de-rondonia/

Comentários

Comentários